quarta-feira, 26 de maio de 2010

Dia 27 tem Palhestra em Recife!



   

































 Fonte: http://www.doutoresdaalegria.org.br

Leia Mais…

sábado, 22 de maio de 2010

Os Melhores do Mundo Futebol Clube


Vislumbrando a aproximação da Copa do Mundo de Futebol de 2010, o grupo projeta a reestréia de uma de suas comédias mais divertidas, Os Melhores do Mundo Futebol Clube, que – assim como o tema abordado – sempre envolve e motiva os espectadores.

Uma produção que mistura teatro e vídeo, com figurinos e cenografia que criam nesta peça um verdadeiro clima de estádio. Em sua melhor forma, o humor implacável da Cia. estabelece uma ponte de crítica e humor entre os fatos do esporte mais popular do mundo e um público que vibra e se diverte do início ao fim do espetáculo.

Paixão. Nenhuma outra palavra traduz melhor o sentimento do brasileiro. Uma excitação sem limites que extrapola o indivíduo e explode no grito de milhares de pessoas, eletrizadas com a emoção, euforia e intensidade de um estádio cheio de cores e vida. E alem dos grandes estádios ou da TV, uma pelada no campinho da várzea tantas vezes revela jogadas sensacionais e inspira lágrimas e abraços. E tudo isso apenas com um punhado de jogadores e o mais importante – e mais incrível ainda – uma só bola.

Futebol. A verdadeira paixão nacional, assunto na boca de dez entre dez brasileiros. Qual é a química desse esporte que deixa pra trás a política, o governo, a vizinha, o carro e a novela? E que, apesar da nossa seleção, ainda é audiência garantida e rende intermináveis polêmicas juvenis até nos mais sexagenários.

Assim a Cia. de Comédia Os Melhores do Mundo sente-se na obrigação de entrar em campo, vestir a camisa, descer do salto e fazer uma goleada à sua maneira: muito humor. Numa série de quadros, Os Melhores do Mundo Futebol Clube vai visitar os tipos, as situações, as angústias e as glórias do mundo da bola. Um espetáculo que promete disparar o coração da torcida e desopilar o seu fígado.

A Cia. de Comédia Os Melhores do Mundo tá na área. Derrubou é pênalti.

* Ingressos disponíveis

Serviço:
Evento: Os Melhores do Mundo Futebol Clube
Data: 29 e 30 de maio
Horário: Sábado às 21h; Domingo às 18h
Local: Grande Teatro
Valor: Platéia: I: R$ 100,00 (inteira), R$50,00 (meia-entrada*); Platéia II: R$90,00 (inteira), R$45,00 (meia-entrada*) ; Platéia Superior: R$80,00 (inteira), R$40,00 (meia-entrada*)
Classificação: 14 anos
Balcão de informações: (31) 3236-7400

------------------------------------------------------------
*Atenção
Meia-entrada para estudantes e maiores de 60 anos, conforme a lei.
Acatando a recomendação do Ministério Público, por meio, das Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Público, Promotoria e Justiça de Defesa do Consumidor e PROCOM–MG, em conjunto, o valor da meia–entrada estudantil é válido para estudantes regularmente matriculados na rede oficial de ensino, público ou particular de 1º, 2º e 3º graus, compreendendo os alunos de pós–graduação, mestrado, doutorado e aqueles matriculados em cursos pré–vestibulares previamente credenciados junto à UNE (União Nacional dos Estudantes), UEE/MG (União Estadual dos Estudantes), UBES (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas) ou UCMG (União Colegial de Minas Gerais).

Será exigida a identificação no ato da compra e na entrada do evento por meio da apresentação de identificação estudantil (carteira de estudante) e comprovante de matrícula na rede oficial de ensino, público ou particular, no ano corrente.

Fonte: http://www.fcs.mg.gov.br/

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também




 | 

Novidades Rede Em Palco


Leia Mais…

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Seletiva de Joinville / Dança 1 - Mostra de Dança

Fonte: http://www.ifdj.com.br/

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também




 | 


Novidades Rede Em Palco

Leia Mais…

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Alkantara Festival regressa a Lisboa na sua 3ª edição


O alkantara festival regressa a Lisboa e ao São Luiz, que, mais uma vez, é o seu principal co-produtor. Na sua 3ª edição, o festival acolhe cerca de 30 performances de dança, teatro e de tudo o que se encontra entre eles, de mais de 20 países. O São Luiz abre-se para receber os mundos em palco do festival que é hoje marco incontornável na cidade; aqui se fará o arranque e o encerramento. Em palco estarão quatro muezins do Cairo, a dança urbana do Rio de Janeiro, os 'pés' do pinguim do Happy Feet e os 'amigos coloridos' de Patrícia Portela .

Sinopse

De 21 de Maio a 9 de Junho, o alkantara festival acolhe cerca de 30 performances de dança, de teatro e de tudo o que se encontra entre eles de artistas oriundos da Argentina, Áustria, Canada, Croácia, Suíça, Egipto, Estados Unidos, França, Portugal, Bélgica, Japão, China, Países Baixos, Brasil, Espanha, Hungria, Nova Zelândia, África do Sul, Dinamarca, Equador, Grécia, Itália, entre outros. Trazem as suas histórias locais e globais, sobre o universal e o particular, o passado e o futuro, lendas de beleza ou distúrbio num mundo em rápida mudança. Contudo, têm algo em comum: o desejo de entrar em diálogo com o espectador no esforço de compreender estes tempos desconcertantes e alcançar, talvez, algumas respostas; ou, mais provavelmente, reformular as nossas questões; ou, eventualmente, aumentar a confusão. Vinte dias de performances inovadoras e estimulantes que irão desestabilizar as nossas perspectivas.

Preçário

€12

Descontos

50% para maiores de 65 anos, profissionais do espectáculo, pessoas com necessidades especiais e acompanhante

Preço especial €5 para menores de 30 anos

Amigos Coloridos: Preço único €5

Assinaturas (à venda apenas na bilheteira central a partir de 15 de Abril)
8 espectáculos €40
6 espectáculos €36

Contactos
de Bilheteira
bilheteira@teatrosaoluiz.pt
Tel. (+351) 213 257 650

Todos os dias, das 13h00 às 20h00.

Fonte: http://www.teatrosaoluiz.pt/



assine o feed
siga no Twitter
Postagens
acompanhe
Comentários
comente também


 | 


Novidades Rede Em Palco


Leia Mais…

Doutores da Alegria apresentam Cabaré no Circo Roda Brasil


Os Doutores da Alegria levam seu Cabaré ao Memorial da América Latina no próximo dia 21 de maio, às 21h, como parte da mostra 'Parlapatões, Pia Fraus e Convidados', do Circo Roda. Atores da ONG levaram ao picadeiro cenas e esquetes que compõem seu repertório tanto no teatro como nas visitas aos leitos pediátricos dos hospitais.

Visite o site!

O espetáculo valoriza a comédia e o lirismo característicos da arte do palhaço, através de encenação números diferentes conduzidos pelo mestre de cerimônias Kalvin Clown (personagem do ator Wellington Nogueira), que apresenta as gags, solos e 'bobagens' criados pelos artistas. Sempre com bom humor, o palhaço Kalvin é acompanhado pelas atrizes Soraya Saide e Thaïs Ferrara e pela Bandinha Midnight Clowns, com seus instrumentos pouco convencionais.

Além desses números, originalmente criados para o teatro, o Cabaré traz ainda cenas que retratam as experiências vividas pelo grupo em hospitais. Cada dupla ou trio adapta para o palco as melhores descobertas 'besteirológicas' extraídas, inspiradas e elaboradas a partir da sua interação com as crianças visitadas. O espetáculo tem direção de Ângelo Brandini.

Circo Roda - 'Parlapatões, Pia Fraus e Convidados' é uma mostra de trabalhos dirigidos a crianças e adultos, tendo como mote a valorização das artes circenses no país, juntando histórias e canções inspiradas no circo. Em cartaz desde 17 de abril no Circo Roda, a programação traz, além das duas companhias, convidados como Jogando no Quintal, Acrobático Fratelli e NaMakaca. A cada sexta-feira, um grupo convidado faz do picadeiro seu próprio 'Cabaré'.

Memorial da América Latina
Data: 21 de maio, às 21 horas
Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664
Estacionamento: portões 8 ou 15
Bilheteria: Aberta somente nos dias de espetáculo, duas horas antes das apresentações. Aceita dinheiro ou cheque. Não aceita cartão de débito, nem crédito. Venda por Telefone: Ingresso Rápido 4003.1212
Telefone para informações: 3867 2398
Capacidade: 700 lugares
Classificação etária: Livre
Acesso facilitado para portadores de deficiência física.
Crianças até 1 ano não pagam.

Fonte: http://www.doutoresdaalegria.org.br/

Leia Mais…

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Picolino e Doutora Xaveco Fritza contam causos no galpinho!


Roger Avanzi nasceu no dia 7 de novembro de 1922, no circo do seu pai, o Circo Nerino, quando este fazia uma temporada em São José do Rio Preto (SP). Nele cresceu e se formou artista: equilibrista, acrobata, ator, jóquei, músico e, por fim, palhaço, o Picolino II.

Morando em São Paulo desde 1972, Avanzi ensinou sua arte em diversos centros de formação circense, como na Academia Piolin de Artes Circenses e a Escola Picadeiro. (primeira escolha de circo do Brasil).

Venha conferir alguns causos engraçados de sua trajetória, permeada pelo encontro dele com Val de Carvalho (Dra Xaveco Fritza)

Dia: 20/5 – quinta-feira
Horário: às 19:30h
Local: Galpão dos Doutores da Alegria
Endereço: Rua Alves Guimaraes, 73 - Pinheiros
Telefone: 3061-5523
Entrada gratuita!
As inscrições podem ser feitas uma semana antes do evento, neste link!

Fonte: http://www.doutoresdaalegria.org.br/

Leia Mais…

Encontro Nacional de Pedagogia



Fonte: http://ctorio.org.br/novosite/

Leia Mais…

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Izabel Padovani Trio na TV Cultura



Hoje é dia de Rumos da Música na TV Cultura. E nesse próximo programa você confere os arranjos e a instrumentação de Izabel Padovani Trio, gravados no palco do Itaú Cultural.

A paulista Izabel Padovani ganhou destaque no país após retornar da Áustria, sucesso atribuído à conquista da oitava edição do Prêmio Visa de Música Brasileira. A vitória reuniu Izabel a dois velhos amigos, o pianista e arranjador Marcelo Onofri e o baixista Ronaldo Saggiorato. Assim nasceu o primeiro disco, Desassossego (2006), com releituras de artistas da MPB, como Paulinho da Viola, Chico Buarque e Luis Felipe Gama. Para mais informações, acesse o MySpace de Izabel Padovani.

Não perca! Nesta segunda, às 23h40, show com Izabel Padovani Trio, na TV Cultura, logo após o programa Roda Viva.

Confira a programação completa de shows inéditos na TV!

imagem: Cia de Foto

Fonte: http://www.itaucultural.org.br/

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

|
Novidades Rede Em Palco


Leia Mais…

domingo, 16 de maio de 2010

Inscrições para o III Festival Paulínia de Cinema terminam na próxima sexta-feira, dia 21 de Maio


Inscrições para o III Festival Paulínia de Cinema terminam na próxima sexta-feira, dia 21 de Maio, Evento distribuirá R$ 650 mil em prêmios.

Termina no dia 21 de maio, próxima sexta-feira, o prazo para as inscrições do III Festival Paulínia de Cinema, que acontece no período de 15 a 22 de julho. O evento é uma realização da Secretaria de Cultura do Município de Paulínia.

Para participar da SELEÇÃO o filme deve cumprir os seguintes requisitos:

· Ser uma produção brasileira;
· Ter cópia em 35mm ou digital disponível para todo o período do festival;
· Ser inédito no circuito comercial de cinema;
· Não ter recebido o prêmio de melhor filme em nenhum outro festival nacional;
· Ter duração mínima de 70 min. (para longas-metragens);
· Ter duração máxima de 15 min. (para curtas-metragens).

Os filmes que cumprirem os requisitos acima deverão preencher a ficha de inscrição que estará disponível, junto com o regulamento completo, no site www.culturapaulinia.com.br e enviar a ficha de inscrição e material solicitado para seleção A/C da Coordenação Geral do Festival, Secretaria de Cultura de Paulínia, Av. Pref. José Lozano de Araújo, 1551 - Parque Brasil 500 – Paulínia – S.Paulo – cep. 13140-000 - tels. 19 3874.5700, 3874.5705, email: cultura@paulinia.sp.gov.br

Informações com Ana Paula no tel. 19.3874.5681 e no email anapaulacultura@gmail.com

Fonte: http://www.culturapaulinia.com.br/noticia.php?id=13

Leia Mais…

Antídoto 2010 - Assista ao Seminário Internacional


De 19 e 21 de maio, o Antídoto − Mostra Internacional de Ações Culturais em Zonas de Conflito promove debates com convidados de diversas partes do mundo: Brasil, Estados Unidos, Índia, Inglaterra, México, Paquistão, República Democrática do Congo, Serra Leoa e Zâmbia.

Testemunhas de conflitos diversos, eles trazem relatos de superação da violência por meio de experiências relacionadas à música, às artes visuais, ao teatro, ao cinema e ao jornalismo.

Os debates serão transmitidos ao vivo em inglês e português, com espaço para perguntas e comentários dos internautas. Então, se você não está em São Paulo, acompanhe a transmissão pelo site www.itaucultural.org.br/antidoto.

Confira a programação do seminário:

quarta 19 de maio

19h Relatos da República Democrática do Congo e da Zâmbia
com Claudel Tshibangu (RDC), Penelope Machipi (Zâmbia) e Regina Lialabi-Handongwe (Zâmbia)

21h Ativismo e Expressão Criativa: Fomento, Articulação e Ação
com Farida Batool (Paquistão) e Todd Lester (Estados Unidos)

quinta 20 de maio

19h Cartoon, Teatro e Música
com Paul Heritage (Inglaterra) e Sharad Sharma (Índia)

21h Música & Preconceito
com Edi Rock (Brasil) e Rômulo Costa (Brasil)

sexta 21 de maio

19h Depois de Bangu III e Talavera Bruce
com Ivone Mendonça - Gaúcha (Brasil) e Ziquinho (Brasil)

21h Mergulho na Realidade
com Agustín Estrada Ortiz (México), dr. Carlos Oliveira (Brasil) e Sorious Samura (Serra Leoa)

Saiba mais sobre os participantes e assista aos debates das outras edições em www.itaucultural.org.br/antidoto.

entrada franca - 214 lugares

Sala Itaú Cultural | Avenida Paulista 149 - Paraíso - São Paulo SP (próximo à estação Brigadeiro do metrô)

informações 11 2168 1777 | atendimento@itaucultural.org.br | twitter.com/itaucultural

imagem: debate realizado em 2008, com Cirlene Rocha, Edson Natale e Estevão Ciavatta | Cia de Foto

Fonte: http://www.itaucultural.org.br/

Leia Mais…

sábado, 15 de maio de 2010

Aracaju: Mostra de teatro do oprimido integra Semana da Luta Antimanicomial” + 1 artigo novo


Aracaju: Mostra de teatro do oprimido integra Semana da Luta Antimanicomial



Acontece nos dias 19 e 20 de maio de 2010, no Auditório da Biblioteca Pública Epifânio Dória, a “Mostra Aracaju de Teatro do Oprimido na Saúde Mental” que vai apresentar peças de Teatro-Fórum, criadas pelos grupos de Teatro do Oprimido – cujos atores e atrizes são usuários da saúde mental – formados desde novembro de 2008 pelos profissionais da saúde de Sergipe, por intermédio da capacitação que vem recebendo até hoje pelos de curingas do Centro de Teatro do Oprimido na metodologia criada pelo teatrólogo e ensaísta Augusto Boal, que pouco antes de morrer (em maio de 2009) foi nomeado embaixador mundial do teatro pela UNESCO. O evento, que integra a Semana da Luta Antimanicomial realizada pela Secretaria de Saúde de Aracaju, conta ainda com: uma exposição da Estética do Oprimido, composta por produtos artísticos feitos pelos usuários da saúde mental e pelo Grupo Nova Imagem; sessão solene simbólica de Teatro Legislativo; lançamento do livro póstumo de Augusto Boal, A Estética do Oprimido; e o Encontro Estadual de Multiplicadores do Teatro do Oprimido, que acontece no CEPES. A classificação é livre e os ingressos são gratuitos.

Nas peças de Teatro-Fórum, após cada apresentação, os espectadores são convidados a trocar de lugar com o protagonista para sugerir alternativas ao problema encenado. “O espectador (ou espect-ator) da sessão de Teatro-Fórum não é um consumidor do bem cultural, mas sim um ativo interlocutor que é convidado a assumir o papel do oprimido ou de seus aliados para interagir na ação dramática de maneira a apresentar alternativas para transformar a realidade – ser ator de sua própria vida”, diz a psicóloga Yara Toscano, curinga do Centro de Teatro do Oprimido.

Já na sessão solene simbólica de Teatro Legislativo, os espectadores, “além de fazer as intervenções substituindo o personagem oprimido, pode também sugerir propostas de Lei ou de ações concretas que tragam alternativas ao problema. Com o apoio de um assessor legislativo e um especialista no tema, serão selecionadas duas propostas para serem debatidas e votadas. As aprovadas serão encaminhadas ao Poder Legislativo ou às autoridades competentes. Através do Teatro Legislativo foram criadas 13 Leis Municipais na cidade do Rio de Janeiro, duas Leis Estaduais nesse estado e tramitam no Congresso Nacional dois Projetos de Lei”, diz Olivar Bendelak, curinga do Centro de Teatro do Oprimido.

O teatro como ferramenta de transformação política e social

A Mostra Aracaju de Teatro do Oprimido na Saúde Mental integra o Projeto Teatro do Oprimido na Saúde Mental cuja parceria estabelecida há cinco anos entre o Centro de Teatro do Oprimido (www.cto.org.br) e o (Ministério da Saúde, por intermédio da Coordenação Nacional de Saúde, para capacitação e acompanhamento de profissionais da área de saúde mental do SUS nas técnicas do Teatro do Oprimido, tem levado a transformações políticas e a uma relação mais humana entre os pacientes, seus familiares, estes profissionais e a sociedade. Mais de 250 profissionais foram (e continuam sendo) capacitados e estão aplicando as técnicas do Teatro do Oprimido em hospitais e centros de atenção psicossociais. Realizado pelo Centro de Teatro do Oprimido, em Aracaju o Projeto conta com o patrocínio da Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju e do Centro de Educação Permanente em Saúde – CEPS.

O sociólogo Geo Britto, coordenador do Projeto Teatro do Oprimido na Saúde Mental, afirma que “desde que o teatro entrou na vida dessas pessoas os períodos de depressão diminuíram, a adesão ao tratamento aumentou e a vontade de viver ressurgiu.”

SERVIÇO

Nome do evento: “Mostra Aracaju de Teatro do Oprimido na Saúde Mental”

Local: Auditório da Biblioteca Pública Epifânio Dória

Endereço: Rua Dr. Leonardo Leite s/n°, 13 de Julho

Tels: 3179-1907 e 3179-1935

Capacidade de público: 180 pessoas

Dias 19 e 20 de maio

Horário: 14 às 17h

Classificação indicativa: LIVRE

ENTRADA FRANCA

PROGRAMAÇÃO

19 de maio

14h – Abertura da exposição Estética do Oprimido

14:30h – Exibição do vídeo Projeto Teatro do Oprimido na Saúde Mental; lançamento do livro póstumo de Augusto Boal, A Estética do Oprimido; fala das curingas Monique Rodrigues e Cláudia Simone sobre Projeto em Sergipe.

15h – Apresentação da peça de Teatro-Fórum “Fora Preconceito” com o grupo Dilemas da Vida. Sinopse: Amélia possui grande desejo de ser pintora, mas ao tentar se matricular na Escola de Artes da cidade é surpreendida pelo preconceito do professor que a impede de entrar no curso quando descobre que ela é “maluca”. Sobre o Grupo: O grupo Dilemas da Vida existe há um ano e é formado por usuários do Caps Liberdade.

15:30h – Teatro Legislativo

17h – Encerramento

20 de maio

14h – Abertura Musical

14:30h – Apresentação da Sinestesia do Poema com o Grupo Nova Imagem

15h – Fala do gestor da Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju, multiplicadores, usuários e familiares

15:30 – Apresentação cena de Teatro-Fórum “A Família de Todos os Santos” com o Grupo Cuidando do Cuidador. Sinopse: Abandonada pela família Gerusa é atendida por uma cunhada, até que a irmã reivindica a sua guarda por pensar que ela está recebendo benefício do INSS. Sobre o grupo: O grupo Cuidando do Cuidador existe há um ano e é formado por familiares, usuários e técnicos do Caps Senador Renildo Santana, em Itabaianinha/SE.

17h – Encerramento Musical

21 de maio

Encontro Estadual de Multiplicadores de Teatro do Oprimido (restrito aos praticantes), no Centro de Educação Permanente em Saúde – CEPES.

ATENDIMENTO À IMPRENSA

Ney Motta | Centro de Teatro do Oprimido
assessor de comunicação
(21) 2539-2873 e 8718-1965

Oficina “A Dramaturgia do Teatro- Fórum”

Como um método utilizado em mais de 70 países, o Teatro do Oprimido tem sistematizado mais de 400 jogos e exercícios e técnicas, todas destinadas a fortalecer o oprimido para a construção de uma sociedade mais justa e humanitária. O método do Teatro do Oprimido propõe um ensaio para a realidade – uma intervenção concreta no real. Não se trata apenas de conhecer a realidade, mas de transformá-la em outra melhor. No final de semana de 21, 22 e 23 de maio , o Centro de Teatro do Oprimido, abre suas portas para quem deseja conhecer uma das técnicas mais utilizada pelos praticantes do método nessa transformação, nos mais diversos paises e seguimentos sociais: o Teatro- Fórum. A proposta da oficina “A Dramaturgia do Teatro-Fórum” é trabalhar com a criação de cenas curtas. O Teatro-Fórum é a representação de uma história real vivida pelos próprios participantes da oficina, por meio dela, o grupo irá discutir teatralmente o tema apresentado e ensaiar ações concretas, como alternativas criativas para a questão exposta pelos participantes. A apresentação poderá ser feita para o público convidado. O ineditismo desta técnica está no fato de que não existe barreira entre o palco e a platéia e todos participam diretamente dando sua opinião.

21, 22 e 23 de maio 2010
sexta de 19h às 22h
sábado e domingo de 10h às 18h

Taxa única: R$ 250,00

Local: Centro de Teatro do Oprimido – Av. Mem de Sá 31, Lapa – RJ

Informações e inscrições: Claudia Simone claudiasimone@ctorio.org.br e Monique Rodrigues moniquerodrigues@ctorio.org.br
tel.: 21 2232-5826, 2215-0503 e 9856-5604

Fonte: http://ctorio.org.br/novosite

Leia Mais…

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Campina Grande recebe “Mostra de Teatro do Oprimido da PB e RN”

Com realização do Centro de Teatro do Oprimido, apoio do Sesc Paraíba e patrocínio do Ministério da Cultura por intermédio do Programa Cultura Viva, acontece nos dias 14 e 15 de maio, no Cine Teatro do SESC Centro Campina Grande, a “Mostra de Teatro do Oprimido da Paraíba e Rio Grande do Norte”, quando multiplicadores e praticantes do método criado pelo teatrólogo e ensaísta Augusto Boal se reúnem para intervenções estéticas, mostra de peças teatrais, seminário de saberes e práticas e o lançamento do livro póstumo de Boal. O evento público tem com classificação livre e ingressos gratuitos.

No dia 14 de maio, o público vai assistir a duas peças teatrais com atuação de grupos de Cuité/PB e de Poço Branco/RN. Ao final de cada apresentação alguns dos espectadores serão convidados entrar na cena, trocando de lugar com o protagonista, para mostrar alternativas aos problemas encenados. Nas peças os atores encenam episódios reais das suas vidas. Neste dia acontece também o lançamento do livro póstumo do teatrólogo e ensaísta Augusto Boal, A Estética do Oprimido, considerado o testamento artístico do autor que pouco antes de falecer foi nomeado embaixador mundial do teatro pela Unesco, uma exposição de produtos artísticos produzidos pelos grupos locais e a Sessão Solene Simbólica de Teatro Legislativo.

No dia 15 acontece o “Encontro de Multiplicadores do Teatro do Oprimido da Paraíba e Rio Grande no Norte”, quando os ativistas vão discutir seus saberes e práticas.

“O espectador (ou espect-ator) da sessão de Teatro-Fórum não é um consumidor do bem cultural, mas sim um ativo interlocutor que é convidado a assumir o papel do oprimido ou de seus aliados para interagir na ação dramática de maneira a apresentar alternativas para transformar a realidade – ser ator de sua própria vida”, diz o arte educador Cláudio Rocha, curinga do Centro de Teatro do Oprimido.

“Na sessão de Teatro Legislativo, a platéia, além de fazer as intervenções substituindo o personagem oprimido, pode também sugerir propostas de Lei ou de ações concretas que tragam alternativas ao problema. Com o apoio de um assessor legislativo e um especialista no tema, serão selecionadas duas propostas para serem debatidas e votadas. As aprovadas serão encaminhadas ao Poder Legislativo ou às autoridades competentes. Através do Teatro Legislativo foram criadas 13 Leis Municipais na cidade do Rio de Janeiro, duas Leis Estaduais nesse estado e tramitam no Congresso Nacional dois Projetos de Lei”, afirma Olivar Bendelak, curinga do Centro de Teatro do Oprimido.

As atividades realizadas em Campina Grande integram o Projeto Teatro do Oprimido de Ponto a Ponto cujo objetivo é a capacitação e acompanhamento de novos multiplicadores do método em dezoito estados brasileiros e quatro países da África lusófona: Moçambique, Guiné-Bissau, Senegal e Angola.

SERVIÇO

“Mostra de Teatro do Oprimido da Paraíba e Rio Grande do Norte”

14 e 15 de maio de 2010

Local: Cine Teatro do SESC Centro Campina Grande

Rua Giló Guedes 650, Santo Antônio

Informações: (83) 3341-5800

Classificação indicativa: LIVRE

Ingressos GRÁTIS

PROGRAMAÇÃO

14 de maio

19h – Abertura da exposição A Estética do Oprimido com palavras dos curingas Olivar Bendelak e Cláudio Rocha, seguido do lançamento do livro póstumo do teatrólogo e ensaísta Augusto Boal.

19:30h – Apresentação da peça de Teatro-Fórum “Quero votar e ninguém deixa”, com o Grupo CTOC da cidade de Cuité, Paraíba. Sinopse: A peça conta a história real de um adolescente que questiona a cultura do voto de cabresto em sua cidade, onde os pais obrigam seus filhos a votar em determinados candidatos que prometem emprego em troca dos votos e depois de eleitos, somem e esquecem de suas promessas. O Grupo: Formado por 11 atores-músicos entre 14 e 29 anos.

20:30h – Apresentação da peça de Teatro-Fórum “Separar por quê?”, com o Grupo Filhos da Terra da cidade de Poço Branco, Rio Grande do Norte. Sinopse: A peça conta a história real de jovens do Quilombo Acauã que são segregados do sistema de transporte escolar por racista. O Grupo: Formado por jovens entre 12 e 25 anos pertencentes ao Quilombo Acauã.

22h – Encerramento

15 de maio

“Encontro de Multiplicadores do Teatro do Oprimido da Paraíba e Rio Grande do Norte”

Fonte: http://ctorio.org.br/novosite

Leia Mais…

III Mostra de Música de Fortaleza Petrúcio Maia começa no próximo dia 14

No seu terceiro ano, é a primeira vez que a Mostra acontece como prévia da Feira da Música de Fortaleza. Dos 54 grupos/artistas solo que se apresentam, 12 nomes serão escolhidos para a programação da nona edição da Feira

A Prefeitura Municipal de Fortaleza, através da Secretaria de Cultura de Fortaleza (Secultfor), em parceria com a Associação dos Produtores de Discos do Ceará (Prodisc), realiza neste mês de maio a III Mostra de Música de Fortaleza Petrúcio Maia. São 54 músicos e grupos musicais locais que se apresentarão em três fins de semana ao longo do mês, em três diferentes espaços culturais da cidade. A mostra tem início nos próximos dias 14, 15 e 16, no CUCA Che Guevara (Barra do Ceará), a partir das 18h; e segue por mais duas etapas: dias 21 a 23 de maio, no Shopping Solidário Bom Mix (Bom Jardim), a partir das 19h; e dias 28 a 30 de maio, no Anfiteatro Flávio Ponte (Volta da Jurema), a partir de 18h.

Os grupos e músicos selecionados representam a diversidade musical de Fortaleza, indo do instrumental ao forró, do rock à música popular cearense, passando pelo reggae, ska, batuque percussivo, chorinho, frevo, marchinha, rap e blues.

Durante a realização do evento, um júri especializado selecionará doze músicos ou grupos musicais para inserção na programação de shows da IX Feira da Música de Fortaleza, que acontecerá entre 18 e 21 de agosto, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Para a edição 2010, a Feira recebeu o número recorde de 841 inscrições de artistas. Deste total, 297 foram de Fortaleza, através do processo seletivo da Mostra Petrúcio Maia. E 544 vieram do interior do Ceará, dos demais estados do Brasil e ainda de países como Argentina, Bolívia, Uruguai e Haiti.

Histórico – Em sua terceira edição, a Mostra reitera o propósito de valorizar e dar visibilidade à produção musical de grupos e artistas do município de Fortaleza, abrindo espaços de circulação para veteranos e novatos. Depois de realizadas duas edições nos anos de 2006 e 2007, a mostra ressurge em 2010 sob novo formato e maior amplitude, se inserindo no intercâmbio musical construído ao longo de nove anos pela Feira da Música, um dos principais eventos de música independente no Brasil.

A Mostra de Música de Fortaleza homenageia o compositor cearense Petrúcio Maia, um dos mais importantes da cena local, conhecido por composições como “Lupicínica” e “Cebola Cortada”. A mostra é resultado de demanda apresentada nas Conferências Municipais de Cultura e no âmbito do Orçamento Participativo, em 2005 e 2006.

Programação
1ª etapa
Local: CUCA Che Guevara (Av. Castelo Branco, 6417 – Barra do Ceará)
Horário: a partir das 18h

DIA 14
18h – Coral Todos os cantos
18h45 – Esquina Brasil
19h30 – Breculê
20h15 – Babau do Pandeiro
21h – The Good Gardem
21h45 – Quilombo Favela

DIA 15
18h – Grupo Murmurando
18h45 – Marimbanda
19h30 – Alegoria da Caverna
20h15 – Fulô da Aurora
21h – Ska Brothers
21h45 – Dona Zefinha

DIA 16
18h – Argonautas
18h45 – Assaré Band
19h30 – Fhátima Santos
20h15 – Batuqueiros da Caravana Cultural
21h – Concreto e Asfalto
21h45 – Faculdade Mental

2ª etapa
Local: Shopping Solidário Bom Mix (Av. Osório de Paiva, 5623 – Bom Jardim)
Horário: a partir das19h

DIA 21
19h – Fulô de Araç
19h45 – ZAZ
20h30 – Cumpade Barbosa & as Cumade
21h15 – Fabrício Pinheiro Diniz
22h – Plastique Noir
22h45 – Bonecas da Barra

DIA 22
19h – The Starlets
19h45 – Obskure
20h30 – Jonnata Doll & Os Garatos Solventes
21h15 – Facada
22h – My Fair Lady
22h45 – Thrunda

DIA 23
19h – Grupo Chorinho na Praia
19h45 – Eudes Fraga
20h30 – Babi Guedes
21h15 – Lúcio Ricardo
22h00 – Macula
22h45 – Joseph K?

3ª etapa
Local: Anfiteatro Flávio Ponte (Av. Beira-Mar – Volta da Jurema)
Horário: a partir das 18h

DIA 28
18h – Vozes de Cera
18h45 – Bernadinho Mota
19h30 – Marta Aurélia
20h15 – Renegados
21h – Gustavo Portela
21h45 – Francisco Adriano Costa

DIA 29
18h – Regional Chega e Chora
18h45 – Don`L
19h30 – Vitoriano
20h15 – Sanatório Geral
21h – Baque Lírico
21h45 – Messias Holanda

DIA 30
18h – Quarteto de Trombones do Estado do Ceará
18h45 – Fernando Rosa
19h30 – Felipe Cazaux
20h15 – Artigo 19
21h – Água de Quartinha
21h45 – Tailândia Montenegro

Serviço
III Mostra de Música de Fortaleza Petrúcio Maia. Mais informações nos sites: www.fortaleza.ce.gov.br/cultura e www.feiradamusica.com.br, ou através dos telefones: (85) 3105.1358 (Secultfor) e 3262.5011 (Prodisc).

Fonte: www.feiradamusica.com.br

Leia Mais…

Projeto: ‘Plataforma Performance’ – Rede 2009


Programa Rede Nacional Funarte Artes Visuais 2009

Proponente: Lara de Sosa

O evento que compreende um conjunto de ações performáticas, debates, demonstrações de processos e workshops, promovendo a integração e circulação de performers. Plataforma simboliza um aporte de base onde a arte contemporânea encontra um campo de pouso para ação e reflexão, promovendo a performance no âmbito das artes visuais.

Dia: 13/05 – às 20h coquetel de abertura

De 14 a 16/05 – das 14h às 20h

Galeria de Arte do DMAE

Rua 24 de Outubro nº200 – bairro: Moinhos de Vento – Porto Alegre – RS

contatos: (51) 3289 9722

plataformaperformance.blogspot.com

Fonte: http://www.funarte.gov.br/

Leia Mais…

terça-feira, 11 de maio de 2010

Semana Mundial do Brincar- agenda de atividades SP


A Aliança pela Infância juntamente com a UMAPAZ, a Trenzinho Brinquedos Educativos, a Associação Comunitária Monte Azul e a Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação da Prefeitura de São Paulo convidam a todos a brincarem!
Nós preparamos uma agenda divertida de brincadeiras para celebrar a Semana Mundial do Brincar em São Paulo

Veja em anexo a PROGRAMAÇÃO COMPLETA preparada especialmente para o nosso município.

Conheça a Agenda do Brincar em todo o Brasil organizada pelos núcleos da Aliança em diversas cidades.

Faça parte dessa brincadeira!

Aliança pela Infância no Brasil
nucleosp@aliancapelainfancia.org.br
www.aliancapelainfancia.org.br
(11) 5853-8082

Leia Mais…

segunda-feira, 10 de maio de 2010

REDE ESTADUAL DE CINEMA


Desde de novembro do ano passado, uma parceria entre a Secretaria Estadual de Cultura, TV Educativa e Museu da Imagem e do Som vem apresentado curtas e longas metragem paranaenses e nacionais por 13 municípios do Paraná (Andirá, Apucarana, Arapongas, Castro, Guairá, Jacarezinho, Lapa, Loanda, Londrina, Morretes, Ponta Grossa, Rio Negro, União da Vitória). Trata-se do projeto REC (Rede Estadual de Cinema), que tem o objetivo criar público para o cinema paranaense, nacional e também mundial.

O projeto é inédito no Brasil e permite que todas as cidades participantes assistam simultaneamente às sessões, através de sistema de transmissão de imagem por fibra ótica.

Nessa primeira fase, a maioria dos filmes mostrados na Rede Estadual de Cinema são longas nacionais e internacionais, de acordo com a responsável pela programação da REC, Sandra Zawadzki, os filmes são escolhidos para atrair a atenção do público, “é para que eles se identifiquem com a linguagem, em algumas dessas cidades não existem nem videolocadoras”, diz Sandra.

Os 13 cine-teatros juntos, têm a capacidade para mais de seis mil espectadores e o sucesso que a REC tem feito é grande, pessoas do Paraguai cruzam a fronteira até a cidade de Guaíra para assistir as sessões, que são gratuitas.

Em um segundo momento a idéia da REC é transmitir filmes mais cult “conforme a resposta do público nós vamos aprofundar nas temáticas, nos tipos de produção” conta Sandra e também levar os cineastas para contar como foi a criação do filme.

No mês de junho a cidade de Jacarezinho já irá fazer parte da REC, que irá começar a exibir curtas paranaenses. A partir de amanhã a programação do mês de maio já estará no link:
http://www.cultura.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=514.

Fonte: http://www.cultura.pr.gov.br/

Leia Mais…

Curso de Gestão de Projetos Culturais


A Fundação Municipal de Cultura, por meio da Assessoria da Lei Municipal de Incentivo à Cultura (LMIC), promove nos dias 11 e 12 de maio, das 14h30 às 18h, no Centro de Cultura Belo Horizonte (Rua da Bahia, 1149, Centro), o Curso de Gestão de Projetos, dirigido aos empreendedores culturais beneficiados pelo Edital 2009, que desenvolverão seus projetos no ano de 2010.

O dia 11 de maio tem como público-alvo os empreendedores de projetos beneficiados pelo Fundo de Projetos Culturais. Já o dia 12 é dirigido aos empreendedores de projetos beneficiados pela categoria Incentivo Fiscal. O curso tem como objetivo orientar os empreendedores quanto ao funcionamento e processos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, necessários ao bom desenvolvimento de seus projetos.

A LMIC em 2010

A Lei Municipal de Incentivo à Cultura teve, em 2010, 918 projetos inscritos, porém 149 foram inabilitados por não apresentarem toda a documentação exigida no edital. Dos 769 projetos discutidos, 520 disputavam a categoria Fundo de Projetos Culturais (FPC) e 249 a categoria Incentivo Fiscal (IF). Foram realizadas em torno de 60 reuniões com a Comissão para discutir e avaliar os projetos apresentados. Segundo Rodrigo Barroso Fernandes, Presidente da Comissão Municipal de Incentivo à Cultura e Diretor Especial de Equipamentos Culturais da FMC, a quantidade e qualidade dos projetos foi o destaque neste ano: “nunca recebemos tanto projetos como aconteceu este ano. Tivemos um aumento de 30% em relação ao edital de 2008”, ressalta.

Foram aprovados 39 projetos para a área de Artes Cênicas ( 21 – FPC e 18 – IF), 9 projetos para Artes Visuais (7 – FPC e 2 – IF), 35 para a área de Música (16 – FPC e 19 – IF), 24 para Audiovisual (14 – FPC e 10 – IF), 11 para área de Literatura (5 – FPC e 6 IF) e 10 para o Patrimônio (5 – FPC e 5 – IF), totalizando 130 projetos e R$7,5 milhões, que representam mais de 15% do orçamento da FMC. A lista completa com todos os projetos aprovados está disponível no site da FMC www.pbh.gov.br/cultura.

Criada há 16 anos, a Lei Municipal de Incentivo à Cultura tornou-se um instrumento imprescindível para o desenvolvimento da produção artístico-cultural de Belo Horizonte. Neste período, mais de 2.000 projetos foram beneficiados, totalizando 70 milhões de reais em investimento, permitindo a realização de trabalhos de diversos artistas e produtores de todas as áreas do fazer artístico, descentralizados nas noves regionais da cidade. A LMIC é, até hoje, um consistente referencial para outras leis de incentivo vigentes no país, pois é a única que preserva a distribuição de seus recursos na proporção de 60% para o Fundo de Projetos Culturais (FPC) e de 40% para o Incentivo Fiscal (IF), o que garante uma maior democratização do acesso aos seus benefícios e agilidade na produção dos projetos.

Acontece: dias 11 e 12 de maio, das 14h30 às 18h

Local: Centro de Cultura Belo Horizonte (Rua da Bahia, 1149, Centro)


Exibir mapa ampliado

Fonte: http://www.guiaentradafranca.com.br

Leia Mais…

Rede social leva conteúdo da sala de aula para a web

Uma criação de universitários norte-americanos chegou ao topo do ranking de acessos das redes sociais: o Facebook. Seguindo exemplo, alunos da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) decidiram criar o ebaH, que tem por objetivo auxiliar os universitários durante os estudos.

Da mesma forma que uma rede comum, é possível interagir com outros membros e trocar informações. Além da possibilidade de compartilhar apostilas, aulas e exercícios das aulas, há a ferramenta de criação de fóruns e grupos de discussão.

A rede vem conquistando os universitários e apresenta 850 mil usuários cadastrados até o momento, além de mais de 40 mil arquivos compartilhados entre os estudantes.

Se você ficou interessado na proposta, basta acessar o site, efetuar o cadastro gratuito e começar a compartilhar informações sobre seu processo de formação

Site: http://www.ebah.com.br/

Fonte: http://olhardigital.uol.com.br/

Leia Mais…

GALHOS PARTIDOS: O CINEMA VÊ A FAMÍLIA - 03 a 18 de maio, Palácio das Artes


O Cine Humberto Mauro apresenta, entre os dias 3 e 18 de maio, uma mostra dedicada à família. Oito filmes, oito olhares agudos sobre esta instituição em vários países e épocas. Da obra-prima do japonês Yasujiro Ozu, Era Uma vez em Tóquio (1953) até As Coisas Simples da Vida (2000) são 5 décadas de cinema em torno dos temas da ruína, decadência e, ao fim, da conservação dos valores familiares na atualidade.

Ao já citado filme nipônico, segue-se, cronologicamente, Rocco e Seus Irmãos (1960), épico retrato de uma pobre família italiana que tenta a sorte na rica Milão. Grandes atuações (como a de Alain Delon, em seu papel mais conhecido) se conjugam com maestria com a encenação rigorosa de Luchino Visconti. Ainda na seara do cinema moderno será exibido Trabalho Ocasional de Uma Escrava (1973), misto de drama familiar e ensaio marxista sobre a figura materna. O intelectual alemão Alexander Kluge questiona neste filme, com o usufruto de heterogêneas técnicas de narração cinematográfica, a força revolucionária feminina em meio ao mundo e a família burguesa.

Talvez o filme mais abertamente autobiográfico do sueco Ingmar Bergman, o clássico Fanny & Alexander (1982) dispensa maiores apresentações. Já Vozes Distantes (1988), do britânico Terence Davies, é um filme a ser descoberto. Também autobiográfico, o filme retrata com um estilo bastante particular duas gerações de uma família operária de Liverpool no pós-guerra. Os fantasmas familiares são aqui reencarnados pela música e o cinema das décadas de 40 e 50. Também britânico, Segredos e Mentiras (1996) aborda o tema com um olhar abertamente realista, como é caro ao cineasta Mike Leigh. Os dois últimos filmes da mostra remetem diretamente ao clássico de Ozu. Assim como aquele, Os Galhos da Árvore (1990) e As Coisas Simples da Vida (2000) percebem as rápidas transformações sociais (na Índia ao fim da Guerra Fria e na Taiwan atual) por meio de uma visada humanista sobre microcosmos familiares. Último filme de Edward Yang, talentoso diretor taiwanês falecido prematuramente em 2007, As Coisas Simples da Vida foi reconhecido por diversas publicações especializadas como o melhor filme da última década. A não se perder, dado que seis dos filmes serão exibidos em seus formatos originais.*

Essa mostra conta com o apoio do Goethe Institut e do Consulado Geral de Japão no Rio de Janeiro.

GALHOS PARTIDOS: O CINEMA VÊ A FAMÍLIA: R$ 5,00 (INTEIRA) E R$ 2,50 (MEIA).
* As exibições de Trabalho Ocasional de Uma Escrava (DVD) e Era uma Vez em Tóquio (16mm) terão entrada franca.

Clique aqui e veja a programação completa.(59,5 kb.pdf)

3 SEG
16h40 Os Galhos da Árvore
19h CINECLUBE CURTA CIRCUITO
20h30 Segredos e Mentiras

4 TER
16h30 Rocco e Seus Irmãos
19h40 Fanny e Alexander

5 QUA
17h Era Uma Vez em Tóquio*
19h30 MOSTRAVÍDEO ITAÚ CULTURAL
21h30 Lançamento de Curta - Feedback

6 QUI
15h50 Trabalho Ocasional de uma Escrava*
17h30 Segredos e Mentiras
20h Rocco e Seus Irmãos

7 SEX
16h As Coisas Simples da Vida
19h Vozes Distantes
20h30 Os Galhos da Árvore

8 SAB
16h Fanny e Alexander
19h20 Era Uma Vez em Tóquio*

9 DOM
16h Rocco e Seus Irmãos
19h As Coisas Simples da Vida

10 SEG
17h Vozes Distantes
19h CINECLUBE CURTA CIRCUITO
21h Trabalho Ocasional de uma Escrava*

11 TER
16h30 Segredos e Mentiras
19h CINE ABERTO – Uma Onda no Ar
20h30 Sessão anterior comentada por Helvécio Ratton

12 QUA
17h30 Vozes Distantes
19h30 MOSTRAVÍDEO ITAÚ CULTURAL

13 QUI
16h Os Galhos da Árvore
18h40 Era Uma Vez em Tóquio*

14 SEX
16h50 Rocco e Seus Irmãos
19h50 Fanny e Alexander

15 SAB
16h20 Segredos e Mentiras
19h As Coisas Simples da Vida

16 DOM
15h50 Trabalho Ocasional de uma Escrava*
17h30 Era Uma Vez em Tóquio*
19h50 Os Galhos da Árvore

17 SEG
17h Vozes Distantes
19h CINECLUBE CURTA CIRCUITO
21h Trabalho Ocasional de uma Escrava*

18 TER
16h30 Fanny e Alexander
20h As Coisas Simples da Vida

GALHOS PARTIDOS: O CINEMA VÊ A FAMÍLIA: R$ 5,00 (INTEIRA) E R$ 2,50 (MEIA).
* As exibições de Trabalho Ocasional de Uma Escrava (DVD) e Era uma Vez em Tóquio (16mm) terão entrada franca.

Serviço:
Evento: Galhos Partidos - O Cinema Vê a Família
Local: Cinema Humberto Mauro
Data: 03 a 18 de maio
Valor: R$5,00 (inteira), R$2,50 (meia-entrada).
* As exibições de Trabalho Ocasional de Uma Escrava (DVD) e Era uma Vez em Tóquio (16mm) terão entrada franca.
Informações: 3236-7400


Exibir mapa ampliado

Fonte: http://fcs.mg.gov.br

Leia Mais…

Projeto "Enquanto o Ônibus Não Vem" - Teatro de Arena - toda sexta- de 14 de Maio a 30 de Julho

O projeto “Enquanto o ônibus não vem”, realizado pela Prefeitura de Teresina selecionou 12 espetáculos que serão apresentados todas às sextas-feiras, 18h, no Teatro de Arena, durante o período de 14 de maio a 30 de julho. Os responsáveis pelos espetáculos deverão comparecer até quarta-feira (12) na sede da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMCMC) com a devida documentação.

Os espetáculos escolhidos para o período de maio a julho são: Corpúsculo, Conta Final, Diálogo dos Bichos, 17 Minutos Antes de Você, Rainha do Rádio, Cabeça de Cuia, Zé Bodim, As Aventuras de João Trancoso, Virtus Companhia de Dança, Hely Batista Diverssiment, Amar Se Aprende Amando e Lê Defurt.

De acordo com a coordenadora de Artes Cênicas da FCMC, Lari Salles, dia 12 de maio serão abertas as inscrições para uma nova seleção na qual escolherá outras apresentações para os meses de agosto e setembro. A entrada é gratuita e tem o propósito de chamar a atenção das pessoas que estão saindo do trabalho para o caráter cultural das apresentações.

Fonte: http://www.tvcanal13.com.br / http://theculturalizando.blogspot.com/

Leia Mais…

sábado, 8 de maio de 2010

Série TIM de Concertos no Parque


Para os amantes dos concertos de domingo no Parque Municipal, outra boa opção para o fim de semana é a apresentação da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, no dia 09 de maio, às 10h. O Coral Lírico de Minas Gerais e os solistas Elizeth Gomes, Marcos Paulo e Luis Gaeta também participam do concerto. No programa, trechos da ópera La Traviata, que a Fundação Clóvis Salgado estreia dia 18 de maio. A entrada é franca.

A Orquestra Sinfônica de Minas Gerais foi criada em 1976, e entre os regentes titulares da sua história, figuram os maestros Wolfang Groth, Emilio De César, Sérgio Magnani, Carlos Alberto Pinto da Fonseca, Aylton Escobar, Marcelo Ramos e Charles Roussin. Também regeram a OSMG personalidades como Eleazar de Carvalho, Isaac Karabtchevsky, Cláudio Santoro, Camargo Guarnieri, Per Brevig, Roberto Schnorremberg, Johannes Homberg e outros célebres convidados.

O projeto Concertos no Parque, com a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, existe desde o ano de 1979. Foi interrompido de 1982 a 1984, quando a Orquestra passou a se apresentar na Praça da Liberdade no projeto Concertos na Praça. As apresentações da OSMG ao ar livre eram eventos irregulares até 1998. À partir deste ano, a série ganhou estrutura apropriada e integrou a programação da OSMG, com 5 apresentações anuais em média.

Serviço:
Evento: Série TIM de Concertos no Parque
Data: 09 de maio
Hora: 10h
Local: Parque Municipal Américo Renné Giannetti
Entrada: Gratuita
Informações: 31 - 3236-7400

Links
www.palaciodasartes.com.br

Onde será o evento
Parque Municipal Américo René Gianetti- Av. Afonso Pena, s/n.


Exibir mapa ampliado

Fonte: http://www.guiaentradafranca.com.br

Leia Mais…

Las Chicas de Blanco en La edad de la ciruela (A idade da ameixa)


As casas são geralmente habitadas por famílias e em uma família, como país, existe um lugar que você ama de uma maneira estranha, porque é um lugar seguro, uma árvore não cresce em outro lugar.
"Eles deveriam ser as casas e as árvores? "Eles deveriam ser as casas, como ninhos?
"A idade da ameixa" oferece-nos uma árvore, uma ameixa testemunhou a evolução do afeto familiar, o afeto, que por sua vez, sofreram o destino inevitável de uma ameixa. E uma casa, o que abrigava apenas as mulheres que queriam sair de lá, irmãs, mulheres lembro de ter jogado o jogo, o jogo do encontro, o jogo de viver, de ir jogar.
E, também, a busca desesperada por felicidade, além do tempo, além da morte e da maldição da família.
Qual é o propósito de contar esta história? Livrar-se dele.

Meninas Branco: Sandra e Cláudia Quiroga Posadino
Trabalhando juntos desde 1996, na condução de teatro.
Em 1998, Plano de Cultura estão integradas as vidas do Metro, e desde então estreou "Metroboda", "Almakinesis", "O gostoso meu preto", "Boca de" trovão ", Sandro encharcado", "Como o ar é livre" "E.De.N, Omshantilly", "Alguém viu o Kein George?", "Argentinita" e "Três desejos".
Em 1999 ele criou como as meninas em Branco e mergulhe as atenções com seu primeiro show-room: "Girls in White, humor, sexo e miusijol", dirigido por Eduardo Calvo. Com esse show, ainda no repertório, os cenários de viagem Argentina, Brasil, Uruguai, México e Alemanha, Andorra, receber prémios atractivos. Eles também foram distinguidos pelo Cirque du Soleil, na sua pré Argentina.
Outras produções: "Nerve, coragem e coração", "mancha a menina pobre (Rádio Nacional Faro 87,9 FM)", "Ponto Cruz" e "mudança", para partilhar esses projectos com várias companhias teatrais e fabricantes.
Recentemente concluiu a programação do teatro realizado "Contar histórias e cantando", que chamou o trabalho ea presença de dez autores argentinos. Com este ciclo iniciado em comemorações do seu 10 º aniversário. Hoje destacar, desta celebração, chegam a estréia de "A idade da ameixa", com o desejo de passar por este desafio e está aberto à poética de Aristides Vargas, nutrido de humor, dor e ternura. www.laschicasdeblanco.com.ar

Domingos 18 hs.
Ingressos: $ 40. Estudantes e aposentados: $ 25.
CELCIT. Moreno 431. Reservas em 4342-1026

Acontece: Domingo, 09 de maio as 18:00 hs (hora local)

Local: Moreno 431, (1091) Buenos Aires.


Exibir mapa ampliado

Fonte: http://www.celcit.org.ar/


Tradução do texto via Google Tradutor

Link Original: http://www.celcit.org.ar/espectaculos/espectaculo.php?esp=35

Leia Mais…

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Grupo Urucum na Cara estreia show 'À Beira do Dia'


O grupo mineiro Urucum na Cara estreia, nos dias 8 de maio, às 21h, e 9 de maio, às 19h, no Teatro Izabella Hendrix, o show “À Beira do Dia”. Resultado da “Pesquisa Acerca da Sonoridade da Música Erudita e Popular de Belo Horizonte Para Composições”, as apresentações têm entrada franca.

Com o repertório criado a partir de composições próprias e inéditas, o espetáculo é resultado de uma extensa pesquisa realizada com materiais musicais e extra-musicais de Belo Horizonte em dois universos: o reinado de Nossa Senhora do Rosário e a música erudita contemporânea. A apresentação do dia 09 contará com a participação especial do músico Sérgio Pererê.

A pesquisa dos materiais da música erudita contemporânea foi orientada pelo Bacharel em Composição da Escola de Música da UFMG, Rafael Nassif e as vivências sobre a música popular urbana afro-mineira e congado foram auxiliadas pelo músico mineiro Sérgio Pererê. O projeto “Pesquisa Acerca da Sonoridade da Música Erudita e Popular de Belo Horizonte Para Composições” foi aprovada pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura e Fundo de Projetos Culturais no ano de 2008.

“À BEIRA DO DIA”

Através de músicas que levam o espectador a se identificar com os sons de seu próprio cotidiano, o show foi montado como a duração do dia: do amanhecer ao entardecer. “À Beira do Dia”, trecho da música “Clarear”, sugere o limite do dia, nascimento e morte, cíclico e transponível. Parar diante deste fragmento do tempo e observar os elementos e sons que o compõe, por meio do encontro inesperado entre o erudito e o popular, que na verdade sempre existiu. Não como um contraste, mas como uma composição de elementos.

O espetáculo também sugere a sensação de dilatação do tempo, muito presente nas festas do Rosário, onde cada música tem um sentido, um momento certo e a duração indefinida, assim como a festa que dura muitos dias, sempre com música. Desta forma, o show segue a temporalidade destas festas, como em “Elefantodonte”, que brinca com os sons até causar a sensação de que este tempo foi dilatado, estendido.

O cenário, montado com cinco fios, lembra uma pauta musical, ou um poste de um bairro da grande metrópole. No entanto, ao invés das notas, estão presentes elementos do cotidiano urbano e interiorano, como tênis dependurados e pipas. Já o figurino, predominantemente branco e vermelho, remete à espiritualidade, religiosidade e também à luta, batalha e ao próprio urucum. As cores branca e vermelha são muito presentes nas festas de congado.

O grupo Urucum na Cara é formado pelos músicos Gustavo Amaral, Irene Bertachini, Ismar Quadros, Leandro César, Paulo César Anjinho e Rubens Aredes. O show tem a produção de Fábbio Guimarães, figurinos da dupla Duotonee – Morgana Marla e Virgilio Andrade, projeto gráfico de Davi Fuzari e Flora Lopes e direção geral do Urucum na Cara. E conta com os apoios da MTV MINAS, Restaurante La Greppia e Bem Natural, Duotonee e Cachaça Laranjeira da Boa Vista.

A PESQUISA

O Grupo Urucum na cara acredita que o encontro da sonoridade da música popular inspirada no congado mineiro com a música erudita contemporânea pode gerar novas linguagens e estéticas musicais e contribuir com a diversidade do cenário musical de Belo Horizonte. Além de “À Beira do Dia”, está prevista a criação de um registro online de todo esse processo de pesquisa. Nele, estarão edições das entrevistas com reis, rainhas e capitães dos reinados de Nossa Senhora do Rosário, além de artistas que abordam o congado em seu trabalho, como Titane, Maurício Tizumba, Sérgio Pererê, Sergio Santos e Yuri Popovi. Também serão disponibilizadas as partituras, cifras e letras das músicas compostas durante o processo. O registro da pesquisa expõe os procedimentos de composição, os conflitos vivenciados pelo grupo e as soluções encontradas. Toda a pesquisa estará no endereço http://urucumnacara.blogspot.com e seu conteúdo será postado a partir do dia 08 de maio.

“URUCUM NA CARA”

Criado em 2000, o grupo passou por várias formações ao longo do tempo. A atual formação possui cerca de 3 anos. O grupo Urucum na Cara trabalha com a proposta de buscar a intercessão entre o antigo, o ancestral e urbano e o contemporâneo.

Com um repertório autoral e arranjos produzidos em laboratórios de criação coletiva. O resultado disso é um trabalho sintonizado com novas tendências da música, com misturas inusitadas proveniente das referências estéticas de seus integrantes.

Links
www.myspace.com/grupourucumnacara

http://urucumnacara.blogspot.com

Data: 08 e 09/05/10
Horário: sábado às 21h e domingo às 19h

Onde será o evento
Teatro Izabela Hendrix – rua da Bahia, 2.020


Exibir mapa ampliado

Fonte: http://www.guiaentradafranca.com.br

Leia Mais…

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Peça, O Nome Dela é Valdemar


Comédia que conta a historia de Valdemar, um jovem que vem do interior e adota o nome de Desirrê para mostrar seu talento nas noites da capital. Com o passar do tempo, recebe em casa a visita de um primo que vem trazendo uma herança sem saber que agora ele é Desirrê e não mais o Valdemar. A partir daí grandes revelações da antiga vida de machão de Desirrê vêm à tona e ela não consegue mais esconder dos outros o fato que o nome dela é Valdemar.

Gênero:
Comédia

Impropriedade:
12 anos

Direção:
Claudio Castanheira

Data:
De 07/05 até 30/05

Onde:
Teatro Icbeu - Rua da Bahia, 1723 - Centro, Belo Horizonte - MG, 30160-011


Exibir mapa ampliado

Observações:
Horário: Sexta e Sábados as 21h
Domingo as 19h30

Ingressos:
R$24 (inteira), R$12 (meia-entrada) e R$12 (antecipado nos postos do Sinparc)

Fonte: http://www.guiabh.com.br/

Leia Mais…

Cine Papo: Habana Blues

Todas as sextas-feiras do mês de maio, o Instituto Cervantes de Belo Horizonte irá exibir gratuitamente filmes do cinema espanhol que tem a música como elemento de destaque. Antes de cada exibição, há uma apresentação do autor e da obra, realizada por especialistas e, em seguida ao filme, é aberta uma discussão envolvendo os espectadores.

O evento faz parte do Cine Papo, projeto que tem como objetivo oferecer ao público um pouco sobre o cinema contemporâneo espanhol de forma lúdica e didática. O Cine Papo é realizado no próprio Instituto Cervantes às 19h30 e as sessões têm entrada franca até a lotação do espaço. Confira a programação:

07 de maio de 2010:

Habana Blues (Habana Blues, 2005, Espanha, Cuba e França, 115 minutos).

Sinopse: Dois jovens músicos cubanos, Ruy (Alberto Yoel) e Tito (Roberto Sanmartín), têm um sonho em comum: o de ficarem famosos e saírem de Havana. Enquanto preparam seu primeiro grande show descobrem que dois produtores espanhóis estarão recrutando talentos cubanos. É quando eles percebem então que aquela pode ser uma oportunidade única.

Legenda em português

Apresentação do autor e obra por Sabrina Tunes, professora do Instituto Cervantes.

Cine Papo: Habana Blues
Data: 07/05
Horário: 19h30
Local: Instituto Cervantes - Praça Milton Campos, 16 - 2º andar, Serra.
Mais informações: (31) 3789-1600.

Onde será o evento
Instituto Cervantes - Praça Milton Campos, 16 - 2º andar, Serra


Exibir mapa ampliado

Fonte: http://www.guiaentradafranca.com.br

Leia Mais…

Prorrogado prazo de inscrição dos editais


Em entrevista à TV NBR, presidente da Funarte, Sérgio Mamberti, fala sobre o orçamento da instituição para 2010 – o maior dos últimos 20 anos.



A Fundação Nacional de Artes prorrogou os prazos de inscrição dos editais de artes cênicas. As portarias com as novas datas foram publicadas no Diário Oficial da União, dia 28 de abril de 2010. Com investimento total de R$ 56,8 milhões, a Funarte e o Ministério da Cultura lançaram 34 editais de fomento às áreas de teatro, dança, circo, artes visuais, fotografia, música, literatura, cultura popular e arte digital. Ao todo, serão concedidos mil prêmios e bolsas de até R$ 260 mil, para projetos de produção, formação de público, pesquisa, residências artísticas, apoio a festivais e produção crítica sobre arte. Veja abaixo as novas datas.

Em entrevista à TV NBR, dia 3 de maio, o presidente da Funarte, Sérgio Mamberti, destacou que o objetivo da instituição, ao lançar esses editais, é atender ao anseio de toda a sociedade brasileira, principalmente da comunidade cultural, no sentido de valorizar as linguagens artísticas. Ele anunciou, ainda para este ano, novos processos seletivos.

Mamberti lembrou que áreas não consideradas “tradicionais”, como fotografia, produção de festivais e literatura, também estão sendo contempladas. A finalidade, disse, é atender a novas formas de expressão incorporadas pela instituição. “Hoje, o Brasil inteiro está perpassado por projetos que desenvolvem a cidadania e vêm atuar exatamente junto à sociedade, nos mais diversos níveis, fazendo com que essas pessoas possam montar seus projetos e a cultura ocupe este espaço estratégico para a construção de um novo Brasil”, ressaltou.

ORÇAMENTO RECORDE – O orçamento da Funarte para 2010 é de R$ 101,6 milhões – sete vezes maior que o de 2003, e o maior em vinte anos de história da Fundação. Os programas foram elaborados a partir das diretrizes do Plano Nacional de Cultura, do Ministério da Cultura, com ampla participação da sociedade, por meio de diversos encontros com a diretoria colegiada da instituição e com os Colegiados Setoriais. Os projetos inscritos são analisados por comissões externas, contando sempre com representantes de todas as regiões brasileiras. As inscrições estão abertas em todo o país.

EDITAIS DE ARTES CÊNICAS – NOVOS PRAZOS DE INSCRIÇÃO

Prêmio Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo
Inscrições até: 26/5/2010

Bolsa Funarte para Formação em Artes Circenses
Inscrições até: 26/5/2010

Prêmio Funarte Artes Cênicas na Rua
Inscrições até: 26/5/2010

Prêmio Funarte Festivais de Artes Cênicas
Inscrições até: 26/5/2010

Bolsa Funarte Residências em Artes Cênicas
Inscrições até: 26/5/2010

Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz
Inscrições até: 26/5/2010

Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna
Inscrições até: 27/5/2010

Ocupação do Teatro Cacilda Becker (RJ)
Inscrições até: 17/5/2010

Ocupação do Teatro Glauce Rocha (RJ)
Inscrições até: 17/5/2010

Ocupação do Teatro Eugênio Kusnet (SP)
Inscrições até: 17/5/2010

Ocupação da Sala Carlos Miranda (SP)
Inscrições até: 17/5/2010

Ocupação da Sala Renée Gumiel (SP)
Inscrições até: 17/5/2010

Ocupação do Teatro Plínio Marcos (DF)
Inscrições até: 26/5/2010

Fonte: http://www.funarte.gov.br/portal/2010/04/30/funarte-prorroga-prazos-de-inscricao-dos-editais-de-artes-cenicas/

Leia Mais…

BlogRoll